domingo, 1 de maio de 2011

Deixe-me amar


Deixe-me amar incondicionalmente
com simplicidade como criança,
sem hipocrisias e nem mentiras.
Sabendo que possuímos qualidades
e também defeitos,

afinal não somos perfeitos.

Deixe-me amar sem que haja
conceitos ou preconceitos,

filosofias ou experiências.

Deixe-me amar sem qualquer imposição
de pessoas que não enxergam com o coração,
mas somente com a razão.

Deixe-me amar simplesmente com o coração,
porque a qualidade do meu amor
engrandece o seu amor por mim.
(Gorettec)

Nenhum comentário:

Postar um comentário